Busca no Site

Interativos

Receba nossas novidades



Receber em HTML?

Enquete

Celibato dos Sacerdotes
 

Compartilhe este site

Faça um pedido de oração





  
Informe o código de segurança para confirmar:
 

Benefícios do perdão PDF Imprimir E-mail
Escrito por Dom Genival Saraiva   
Perdoar é uma das atitudes mais difíceis na vida de milhares de pessoas. O fato de alguém pedir perdão a outrem equivale a dizer que reconhece seu erro e sua culpa, por isso, vai ao encontro de quem foi, efetivamente, atingido por sentimentos, palavras e atos que feriram a sua dignidade. O fato de alguém perdoar significa dizer que reconhece sinceridade no arrependimento daquele que vai ao seu encontro, com a disposição de mudar de atitude.
 
Pecado Venial , Grave e Mortal PDF Imprimir E-mail
Escrito por Prof Everton N Jobim   
O pecado é a ação livre e consciente do homem através da qual ele transgride as leis divinas. Trata-se , portanto , de um ato de desrespeito à misericórdia e à justiça infinitas de Deus , que nos deu a lei e a graça de Cristo , para que vivêssemos apartados do pecado e encontrássemos definitivamente a salvação e a vida eterna.
 

 

 
Eutanásia versus medicina paliativa PDF Imprimir E-mail
Escrito por Adriano F Oliveira   

A tendência para recorrer à eutanásia está a ganhar terreno e a fazer com que os médicos não se empenhem, tanto quanto deviam, na Medicina paliativa, não querendo com esta afirmação generalizar.

Na Holanda, segundo a legislação vigente, a eutanásia é crime ... em teoria. Há três situações em que se pode aplicar: a pedido do paciente; cooperação do médico no suicídio e eliminar os doentes que não estão em condições de tomar opções.

 
O que é a alma? PDF Imprimir E-mail
Escrito por Antonio Xisto Aruda   

O que é a alma? Aí está uma pergunta do catecismo. A resposta procura distinguir, no ser humano, uma parte espiritual criada por Deus, a alma, e uma parte material que nos vem dos nossos pais, o corpo. A consciência que ele tem de si mesmo, o pensamento, a vontade que ele exercita, a liberdade que põe em acção, os sentimentos que experimenta, tudo isso é de uma ordem diferente dos órgãos e das funções do corpo. Compreende-se que os filósofos da antiguidade tenham insistido nesta dualidade do ser humano que, por sua vez, impregnou o cristianismo. Nesta perspectiva, a alma espiritual é pura e o corpo impuro; a alma é a sede das virtudes mais elevadas como a vontade de se dirigir livremente para o bem : deve, pois, governar o corpo e não se deixar escravizar por ele já que aquela é tida como boa e este como mau. É a alma que torna o homem semelhante a Deus e, por isso, é imortal enquanto o corpo é mortal, sendo a morte provocada pela separação dos dois.

 
<< Início < Anterior 1 2 Próximo > Fim >>

Página 2 de 2