Busca no Site

Interativos

Receba nossas novidades



Receber em HTML?

Enquete

Celibato dos Sacerdotes
 

Compartilhe este site

Faça um pedido de oração





  
Informe o código de segurança para confirmar:
 

A Igreja Católica não despoja dos Católicos a liberdade democrática da qual vangloriam Protestantes PDF Imprimir E-mail
Escrito por UC   

A Igreja não reivindica ser uma democracia e nenhum Católico se ressente pelo fato de que a ele não é permitido levar a liberdade ao extremo. Nenhuma pessoa sã procuraria ter o privilégio de negar a verdade absoluta.

Todavia, não é por escolha individual o tipo de governo que esse católico gostaria na Igreja. O tipo de governo foi escolhido pelo Próprio Cristo, e foi um governo baseado na autoridade, ensinamentos e disciplina.

O Próprio Cristo falou com autoridade, mudando inclusive a Lei Mosaica, como em Mateus 5,20-22. Ele conferiu esta mesma autoridade aos seus Apóstolos:

  • ''Pois eu vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus. Ouvistes que foi dito aos antigos: 'Não matarás' e 'Quem matar será réu de juízo'. Eu, porém, vos digo que todo aquele que se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e quem disser a seu irmão: 'cretino', será réu diante do sinédrio; e quem lhe disser: 'louco' será réu do fogo do inferno'' (Mateus 5,20-22).

  • ''Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares, pois, na terra será ligado nos céus, e o que desligares na terra será desligado nos céus'' (Mateus 16,19).

Os apóstolos exerceram esta autoridade como se pode ler em Atos dos Apóstolos, e também como São Paulo escreveu aos Gálatas 1,8: ''Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema''.

São João em sua Segunda Epístola escreveu: ''Se alguém vem ter convosco, e não traz este ensino, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis'' 2João 1,10.

Os Apóstolos foram comissionados para ir e ensinar em NOME de Cristo e com a AUTORIDADE de Cristo. Se eles são professores, eles precisaram ser estudantes e estudantes precisam aceitar a autoridade do professor.

Os católicos, é claro, amam a liberdade. E essa liberdade apenas é limitada pela verdade absoluta. Ninguém é livre para dizer que a soma de dois mais dois é cinco. Da mesma forma ocorre no governo da Igreja. A Igreja foi fundada sobre Pedro como uma rocha, como será visto em outra questão.