Busca no Site

Interativos

Receba nossas novidades



Receber em HTML?

Enquete

Sacerdócio Feminino
 

Compartilhe este site

Faça um pedido de oração





  
Informe o código de segurança para confirmar:
 

BETANCOURT EXPRIME DESEJO DE ENCONTRAR PAPA E IR A LOURDES PDF Imprimir E-mail
Escrito por CN   
Ingrid Betancourt declarou que deseja encontrar o papa Bento XVI e fazer uma viagem a Lourdes, na França.
    Em discurso feito nesta sexta-feira no Palácio do Eliseu, sede da presidência francesa, Betancourt apareceu sorridente e até ironizou sua situação de refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc): "vivia em um mundo sem sol, sem céu, com um teto verde, em uma muralha de árvores, e pensar que eu sou uma ecologista...".
    Betancourt estava acompanhada de seus dois filhos, Melanie e Lorenzo, sua mãe, sua irmã e o presidente da França, Nicolas Sarkozy.
    "Vocês já fizeram tanto por mim, mas ainda preciso de vocês", disse Betancourt aos presentes, lembrando que a luta continua para aqueles que ainda permanecem reféns das Farc.
    Aos jornalistas que perguntaram quais são suas intenções políticas, a ex-refém respondeu que agora seu projeto de vida é "mudar o mundo e estar a serviço daqueles que sofrem".
    Betancourt agradeceu novamente o presidente colombiano, Álvaro Uribe, por sua "operação genial, sem tiros nem sangue, de tal modo absurda que talvez por isso teve sucesso".
    A ex-refém pediu às Farc que sejam "bons perdedores e parem de cometer crimes". "É preciso colocar fim a essa loucura", acrescentou.
    Ela também homenageou em seu discurso o ex-presidente francês, por sua "mão firme", e ao ex-premier Dominique de Villepin, que é também seu amigo e que deseja reencontrar.
    Betancourt disse ainda não saber onde viverá após o resgate. "Viverei onde estiverem meus filhos, minha mãe, o homem que amo", disse ela, acrescentando que talvez um dia escreverá "uma peça de teatro para me libertar".