Busca no Site

Interativos

Receba nossas novidades



Receber em HTML?

Enquete

Celibato dos Sacerdotes
 

Compartilhe este site

Faça um pedido de oração





  
Informe o código de segurança para confirmar:
 

CAMINHADA DE ORAÇÃO PDF Imprimir E-mail

Oração, de maneira simples, pode ser definida como: conversa com Deus. Para nós Cristãos, Deus é Pai. E a conversa entre um pai e cada um de seus filhos e filhas tem elementos comuns e outros que dependem de cada filho(a).

Bom gostaria de partilhar com você um pouco do que aprendi sobre a oração pessoal (ou individual); pois a Missa, as procissões, etc. são formas de oração comunitária. Entre a minha educação em uma família católica, a participação em grupos de jovens e um tempo como seminarista, tive algumas palestras e experiências. (Para muitos, talvez não seja nada de novo, mas quem sabe possa auxiliar alguns irmãos em sua caminhada de oração.)

Quando criança aprendi a Ave-Maria, o Pai-Nosso (que é a oração por excelência, por ter sido ensinada por Jesus Cristo), o Glória, e outras fórmulas. Lembro de rezar uma oração que estava escrita em um quadro que ficava sobre a cabeceira da minha cama que começava com "Meu querido Deus (...)".

Depois, com a catequese e o 1º grupo de jovens que participei, aprendi a rezar de forma espontânea, conversar com Deus como conversamos com um amigo: pedir, agradecer, contar segredos, pedir perdão é uma forma muito legal de rezar.

E, vale lembrar, que iniciar com o Sinal da Cruz uma oração é uma das indicações que aparecem no Catecismo (que é o livro que resume a doutrina católica de forma atualizada).

No seminário, aprendi mais algumas formas, vamos a elas. Ler e meditar uma passagem bíblica, ou seja, além de ler (invocando o Espírito Santo antes da leitura) tirar um tempo para tentar entender o que Deus quer nos dizer com aquela passagem.

Outra forma, é fechar os olhos e imaginar uma passagem bíblica, e nos colocarmos dentro dela, como observadores ou como um dos personagens.

Ainda, observar a natureza como quem contempla a maravilha que é a obra de Deus.

A meditação cristã inclui, entre as suas muitas formas, repetir uma palavra (mantra) como o nome de JESUS (em voz alta ou não), para ficar um tempo na presença Deus (seja Ele invocado como Pai, Filho ou Espírito Santo). Ou, ainda, ficar em silêncio, exterior e interior, pedindo antes que o Espírito Santo nos ajude a ficar um tempo na presença de Deus.

Enfim, rezar é o que nos fortalece como cristãos e nos dá força na caminhada que é a nossa vida neste mundo. Nas dificuldades e nas alegrias, sempre é bom manter contato com Deus.

Este pé do tripé do Cursilho: a piedade, é que sustenta a caminhada dos cristãos. Meu grupo, com certeza, não teria durado (começamos em 98) se a oração não fosse a base de todas as reniões.

Oração (ou piedade) é a Missa, oração é o terço, oração é um Pai-Nosso ou uma prece rezados junto com os irmãos, oração é o tempo que cada um tira para estar para estar sozinho com Deus, pois Ele está sempre conosco.

Que saibamos aproveitar essa graça, esse presente que Deus nos dá que é a oração, é o meu desejo em relação a todos os irmãos: todos nós, seres humanos, filhos do mesmo Pai.

Leonardo Bergamo - 2003 - MCJ (Infocristão)