Busca no Site

Interativos

Receba nossas novidades



Receber em HTML?

Enquete

Sacerdócio Feminino
 

Compartilhe este site

Faça um pedido de oração





  
Informe o código de segurança para confirmar:
 

Introdução à Santa Missa PDF Imprimir E-mail

Texto Bíblico: (1Cor 1,17-25)

Numa cidade estava sendo construída uma catedral feita de pedras. Os operários iam e vinham no meio da grande construção. Certo dia chegou àquela cidade, uma importante autoridade e foi ver a obra. O ilustre visitante entrevistou três operários que carregavam pedras. Aos três fez a mesma pergunta:

-Amigo o que está fazendo?

O primeiro respondeu: - “Estou carregando pedras”.

O segundo disse: - “Estou ganhando o meu pão de cada dia”. O terceiro falou: - Estou construindo uma catedral, onde muitas pessoas encontrarão a salvação. E, aqui, eu e minha família nos reuniremos para louvar a Deus.

DEUS QUER AMIGOS E NÃO ESCRAVOS
Vejam bem! Os três faziam o mesmo trabalho, mas com espírito diferente.

A Missa também é assim. A mesma pra todos, mas a maneira de cada um participar pode ser diferente. Depende da fé que as pessoas têm. Existe quem vai aa missa apenas para cumprir um preceito, como o operário que simplesmente carregava pedras. Existe quem vai à missa pra fazer pedido a Deus, como o operário que trabalhava tão somente pra ganhar o salário. E existe a pessoa que participa da Missa com fé e alegria, louvando e bendizendo a Deus, à semelhança do operário que trabalhava contente porque estava construindo a casa do Senhor.

Temos que refletir e ver como está a nossa missa. Deus nos quer seus amigos e não seus escravos. O escravo obedece. O amigo ama e participa.

NINGUÉM AMA O QUE NÃO CONHECE
Assim pode estar acontecendo na Missa. Alguém entra na igreja, olha, acompanha tudo, faz os mesmos gestos, mas sem saber o que está dizendo e o que está fazendo. Esse não desfruta da celebração.

Numa pesquisa realizada perguntamos a diversas pessoas: Por que você foi a Missa?

Eis algumas respostas

Fui porque era dia de preceito; Fui para agradecer a Deus; Fui pagar uma promessa; Fui porque era um batizado do filho de um amigo; Fui porque era formatura de um amigo; Fui louvar e bendizer a Deus; Fui porque era Natal.

O CORPO E A ALMA DA MISSA
Na Missa há duas partes distintas: Liturgia da Palavra e a Liturgia Eucarística.

Os atos exteriores, gestos, palavras, sinais, objetos são como o corpo da Missa, enquanto a fé e o amor são a alma desse corpo.

Se alguém comunga sem crer na presença real de Jesus, recebe sim o corpo do Senhor, mas não participa da Salvação contida no Sacramento.

Muita gente vai à Igreja e sai como entrou, pq não fez o seu “encontro com a graça de Deus”. Às vezes até peca porque vai pra criticar as falhas humanas do rito; a falta de inspiração do padre, o jeito de falar do fulano, o canto desafinado, o comportamento dos irmãos, etc. É nosso encontro com Deus e os irmãos, reunidos no Amor de Jesus Cristo. São Paulo fala que, na pregação do Evangelho, não podemos buscar sabedoria humana, mas acolher com fé a Palavra de Deus. Ela tem o poder de transformar a nossa mente e o nosso coração.

A SANTA MISSA
Quando vou à missa não vou de mãos vazias. Coloco sobre o altar de Cristo minha vida, meu trabalho, minha família, minhas lutas e minhas vitórias e fracassos.

Assim vivo uma experiência de Páscoa no dia da ressurreição do Senhor. Revivo com eles e a minha comunidade. Iluminado e vivificado retorno à minha família, ao meu trabalho, disposto, também a ser luz e vida em Cristo. Alimento-me da Palavra e do Pão da Vida quando vou à Missa.

A CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DOMINICAL

Celebrar é tornar presente uma realidade através de um rito. Expressa o sentido dos fatos, das coisas e das pessoas na vida do homem. A maioria das coisas que fazemos na vida tem finalidade lucrativa. A celebração não. Ela tem “SENTIDO”.

A “Celebração Eucarística Dominical” é a pessoa de Jesus Cristo morto e ressuscitado, por quem nós, todos os homens, também podemos viver para Deus. A Missa é a festa semanal dos cristãos salvos em Jesus Cristo. A celebração da Santa Missa tem sempre um sentido comunitário, onde cada um é participante, sendo Jesus Cristo o participante principal.

REFLEXÃO:

1-Como participo da Santa Missa?

O quê fazer para orientar meus irmãos sobre a importância da Missa?

“VIVEI SEMPRE ALEGRES. ORAI SEM CESSAR. EM TODAS AS CIRCUNSTÂNCIAS DAI GRAÇAS PORQUE ESTA É A VONTADE DE DEUS EM JESUS CRISTO” (1Ts 5,16-18).


Paróquia São Francisco Xavier - Niterói/RJ / 2003/ Padres Orionitas: Pedro e Rafael
Dirigentes de Círculo de Casais: Lourdinha e Abel Passos
Bibliografia: A Missa, parte por parte, A Liturgia da Missa e outros.