Busca no Site

Interativos

Receba nossas novidades



Receber em HTML?

Enquete

Você concorda com a condenação da Igreja ao uso de preservativos?
 

Compartilhe este site

Faça um pedido de oração





  
Informe o código de segurança para confirmar:
 

Papa recebe jovens europeus universitários PDF Imprimir E-mail
Escrito por Canção Nova News   

O Papa Bento XVI recebeu hoje, 11,  jovens universitários da Europa, a quem pediu a criação de laboratórios de fé e cultura.

Ele  defendeu a importância de Deus para a nova cultura que surge na Europa e no mundo globalizado, assegurando que, nas universidades, é cada vez mais necessária a presença cristã, "verdadeiro motor do desenvolvimento".


"A nova síntese cultural que neste tempo está a elaborar na Europa e no mundo globalizado precisa do contributo de intelectuais capazes de repropor nas aulas acadêmicas o discurso sobre Deus, ou melhor, de fazer renascer aquele desejo do homem de procurar Deus", disse.

A última encíclica papal, "Caritas in Veritate", defende que "a religião cristã e as outras religiões só podem dar o seu contributo para o desenvolvimento, se Deus encontrar lugar também na esfera pública".

Falando aos 1500 estudantes universitários de 31 países, congregados na Aula das bênções, Bento XVI defendeu que "trabalhar para o desenvolvimento do conhecimento é a vocação específica da universidade e exige qualidades morais e espirituais cada vez mais elevadas, perante a vastidão e a complexidade do saber que a humanidade tem à sua disposição".

Aos jovens, que o saudaram com entusiasmo por diversas vezes, o Papa deixou um apelo: "Tenho a certeza de que o vosso encontro destes dias em Roma poderá indicar novas etapas a percorrer, com um projeto mais orgânico que favoreça o envolvimento e a comunhão entre as várias experiencias já existentes em tantos países".

"Vós queridos jovens, acrescentou, juntamente com os vossos docentes, contribuis na criação de laboratórios da fé e da cultura, partilhando a fadiga do estudo e da investigação com todos os amigos que encontrais na universidade. Amai as vossas universidades que são palestras de virtude e de serviço".

Bento XVI assegurou que, na universidade, a presença cristã é cada vez "mais necessária", já que, como em séculos passados, "a fé é chamada a oferecer o seu insubstituível serviço ao conhecimento, que na sociedade contemporânea é o verdadeiro motor do desenvolvimento".

"Vós sois o futuro da Europa, chamados a investir os melhores recursos, não só os intelectuais, para consolidar a vossa personalidade e contribuir ao bem comum", disse aos universitários presentes.

O I encontro europeu de estudantes universitários é uma iniciativa do Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE). No dia 12, serão apresentadas as conclusões dos debates. A eucaristia de encerramento será presidida por Dom Jean-Louis Bruguès, Secretário da Congregação para a Educação Católica.

A iniciativa é organizada pelo secretariado de assuntos pastorais nas universidades do Vicariato de Roma,por meio de uma parceria com a Comissão da Catequese, Escola e Universidade (CSU) departamento de atividade universitária, que pertence ao CCEE.