Busca no Site

Interativos

Receba nossas novidades



Receber em HTML?

Enquete

Pessoas divorciadas devem ter acesso à Eucaristia?
 

Compartilhe este site

Faça um pedido de oração





  
Informe o código de segurança para confirmar:
 

Páscoa: o Senhor é Vida. CF: água, fonte de vida PDF Imprimir E-mail


Dom Jacyr Francisco Braido, bispo diocesano de Santos (SP)

Páscoa é vida. O Senhor Jesus vence a morte. Volta à vida. Desapareceram as feridas da flagelação e da crucifixão. Desapareceu a paralisia da morte. Rola a pedra do sepulcro e Ele sai à procura dos que ficaram apavorados com sua morte tão brutal e violenta e andavam dispersos. Reúne a comunidade desanimada dos apóstolos, discípulos e discípulas. E lhes infunde fé no fato novo da ressurreição. Ele venceu a morte. E não morrerá jamais.

Mais ainda: Jesus ressuscitou como o primeiro de todos nós. É o primogênito. Nós também ressurgiremos pela sua força redentora. Nosso pecado – que originou a morte! – é apagado e Ele nos dá vida nova e que permanecerá para sempre. Ouçamos suas próprias palavras:"Não se perturbe o vosso coração! Credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se não fosse assim, eu vos teria dito. Vou preparar um lugar para vós. E depois que eu tiver ido e preparado um lugar para vós, voltarei e vos levarei comigo, a fim de que, onde eu estiver, estejais vós também. E para onde vou, conheceis o caminho". "Eu sou o caminho, a verdade e a vida" (Jo 14, 1-6).

Estas palavras confortam nosso coração e abrem um horizonte infinito ao nosso viver, mesmo passando agora pela fraqueza e um dia pela morte. Pois Ele assim fez: passou pela morte e agora é a vida!

Mas a palavra "vida" esteve sempre presente durante esta quaresma e a Campanha da Fraternidade, ligada à água. Ela nos foi apresentada como fonte de vida. Trata-se da vida para este mundo, é verdade; a vida que temos agora, a vida como a conhecemos agora; mas ela não está desligada da vida que é Jesus. Mesmo porque o universo foi criado por Deus.

É maravilhoso pensar que Deus criou o céu, a terra e o mar. Criou a água como elemento fundamental para a vida dos seres vivos. De fato, o texto-base da CF assim coloca a aproximação água e vida: "Nós somos água; o corpo de um bebê é 90% água, o corpo de um adulto, 70%. Nosso planeta, à semelhança de nosso corpo, tem 70% de sua superfície coberta por água. Nós nascemos numa bolha de água....Podemos ficar várias semanas sem comer, mas se não ingerirmos líquidos, em dois dias começa o processo de falência múltipla dos órgãos, levando uma criança à morte em cinco dias, e em dez, um adulto. Todas as formas de vida dependem da água. Não existe vida onde não há água. Por isso dentro do ponto de vista biológico, água e vida não podem ser separadas" (n.5).

Entretanto, diante do desperdício e da contaminação da água, diante do descuido que temos com suas fontes e da poluição do planeta, estamos seriamente ameaçados de sofrer escassez deste bem essencial. Torna-se, pois, necessário que a economizemos, protejamos suas nascentes e a usemos em solidariedade uns com os outros para que ela não venha faltar a ninguém.

No mesmo espírito da Páscoa em que Jesus retomou a vida, protejamos a água tão necessária para nossa vida. Páscoa é vida em Jesus e a água é fonte de vida. Assim estaremos cumprindo a vontade de Deus que é vencer a morte. O esforço cristão de preservar a água é um modo de viver a Fé, na Esperança e na Caridade solidária.

Feliz Páscoa!

Disponibilizado pela CNBB