Busca no Site

Interativos

Receba nossas novidades



Receber em HTML?

Enquete

Você concorda com a condenação da Igreja ao uso de preservativos?
 

Compartilhe este site

Faça um pedido de oração





  
Informe o código de segurança para confirmar:
 

PROFETAS - PROFECIAS PDF Imprimir E-mail

Nem todos os reis de Israel foram fiéis a Deus e alguns adoraram outros deuses.

Josias destruiu o lugar de culto a Bethel que Jeroboão tinha edificado quando o Reino foi dividido.

Depois foi por todas as cidades para destruir os altares.Apesar das bênçãos de Deus, o Povo Hebreu muitas vezes violou a Aliança com Deus, pelo pecado. Em resposta Deus enviou-lhes os Profetas, cuja missão era a de chamar o Povo ao arrependimento, a mudar os seus caminhos perversos e voltar ao cumprimento da Aliança com Deus. Os Profetas foram enviados por Deus primariamente para levarem o povo a mudar a sua vida para o cumprimento da aliança feita entre ele e Deus. A missão dos Profetas não era principalmente a de anunciar o futuro, embora o fizessem com a inspiração de Deus.

 A mensagem dos Profetas foi algumas vezes anunciada com palavras ásperas para convencer o povo dos seus pecados e para o levar ao arrependimento (pela violação da aliança) e mudança de estilo de vida, mas outras vezes foi uma mensagem de esperança e consolação, nas aflições que resultaram dos seus pecados de infidelidade. O verdadeiro Profeta falava, não com as suas próprias palavras, mas com a palavra de Deus, sob a inspiração do Espírito Santo. Uma Profecia é uma mensagem de verdade recebida de Deus e transmitida através de um Profeta que serve de intermediário entre Deus e o Seu povo, e que diz coisas do futuro que nunca se saberiam de outro modo :

- Em seguida o Senhor estendeu a Sua mão, tocou-me na boca e disse-me : "Eis que ponho as Minhas palavras nos teus lábios, eis que hoje te dou poder sobre as nações e sobre os reinos"... (Jer. 11,9).

As Profecias do Antigo Testamento são únicas na sua origem, por causa do seu conteúdo ético e religioso, que incluem a revelação da vontade salvífica de Deus para com o Seu povo, censuras morais, avisos sobre o castigo divino por causa das violações da Lei e da Aliança, em forma de promessas, admonições, repreensões e ameaças. Embora Moisés e outras figuras do passado sejam considerados como Profetas, o período das Profecias é geralmente considerado desde os primeiros tempos da monarquia até cerca de 100 anos depois do exílio da Babilónia.

Desde o tempo da Lei escrita e interpretada, os Profetas são considerados como os guias do povo. Os Profetas do Antigo Testamento são citados no Novo Testamento com a consciência de que Deus falou através deles e de que alguns foram os oráculos de Deus, e isto foi plenamente demonstrado por Cristo. João Batista é a figura profética proeminente do Novo Testamento. Cristo nunca desejou para Si o título de Profeta embora muitas pessoas afirmassem que Ele o era, pelo que anunciava e porque disse a Seu respeito que "Um profeta só é desprezado na sua terra" (Mt. 13,5 7).

Na Sinagoga de Nazaré Jesus, depois de ler uma passagem do profeta Isaías, acrescentou : - «Cumpriu-se hoje mesmo o passo da Escritura que acabais de ouvir».(Lc.4,21). Houve Profetas na primitiva Igreja e S. Paulo menciona o carisma da Profecia :

- Procurai a caridade e aspirai aos dons espirituais, sobretudo ao da profecia, (1 Cor. 14,1).

- O que profetiza edifica a Igreja de Deus. Quisera eu que todos vós falásseis línguas, mas sobretudo que profetizásseis, (1 Cor. 14,4-5). A Profecia desapareceu após os tempos do Novo Testamento, e o Apocalipse (ou Revelação) é considerado como o único livro profético do Novo Testamento.

Há na Bíblia 18 Livros Proféticos : São 17 do Antigo Testamento :

- 5 Profetas maiores : Isaías. Jeremias. Baruc. Ezequiel e Daniel.

- 12 Profetas menores : Oseias. Joel. Amós. Jonas. Miqueias. Naum. Habacuc. Sofonias. Ageu. Zacarias e Malaquias.

Há apenas 1 no Novo Testamento : Apocalipse.